Auto-estrada A-8 do Cantábrico. Trecho: Regovide - Villalba (Lugo)
 
Cliente
Ministerio de Fomento. Dirección General de Carreteras.
A execução orçamental
26 milhões de euros
Calendário
2004-2007


DESCRIÇÃO DO PROJETO
A nova rodovia corre sensivelmente paralela à estrada N-634 desde San Sebastian até Santiago de Compostela, rodeando o oeste de Villalba.
O comprimento do trecho é 5,8 km. Ele inclui uma ligação tipo diamante (Villalba Oeste) e outra tipo passagem superior em rotatória (Villalba Norte), um viaduto (Trimaz, 560 m de comprimento construído “in situ” com um sistema de cofragens móveis), 7 passagens inferiores e 8 superiores.
A terraplenagem são cerca de 1.700.000 m3 de desmonte, com 15% de rocha, e 1.500.000 do aterro.
Utilizar-se-ão cerca de 70.000 toneladas métricas de diferentes tipos de misturas betuminosas a quente, incluindo camada de rolamento permeável  PA-12.
AÇÃO DA G.O.C.
Monitoramento do Sistema de Asseguramento da Qualidade; Análise de projeto; Redação do Plano de Supervisão da Asseguramento da Qualidade (PSAC); Supervisão da implantação do Plano de Asseguramento da Qualidade da construtora; Assistência Técnica para o Controle de execução; Monitoramento do Investimento e do Programa de Trabalhos; Coordenação de Assistências Técnicas específicas (Segurança e Saúde, Monitoramento Meio ambiental e Ensaios de contraste); Monitoramento da segurança Viária.